CÂNCER DE PRÓSTATA

ANATOMIA DA PRÓSTATA

A próstata é responsável pela produção dos nutrientes e fluidos que constituem o esperma. Está localizada abaixo da bexiga e à frente do reto. Logo atrás da próstata, estão as glândulas denominadas vesículas seminais, que produzem a maior parte do líquido para o sêmen. Por seu interior passa a uretra, responsável por transportar a urina e o sêmen para fora do corpo.

PRÓSTATA

 

ANATOMIA DA PRÓSTATA

 

 

INCIDÊNCIA

De acordo com estatísticas americanas, um em cada seis homens desenvolverá câncer de próstata no decorrer da vida.

A doença é extremamente rara abaixo dos 40 anos. Esse tumor é mais comum entre os homens de 50 anos, sendo que dois em cada três pacientes têm mais de 65 anos.

Nos últimos anos houve um aumento dos casos observados e isso deve-se aos métodos diagnósticos precoces como ultrassonografia da próstata e checagem de PSA.

FATORES DE RISCO

  • IDADE: É uma doença extremamente rara abaixo dos 40 anos. A incidência aumenta a partir dos 50 anos.
  • HISTÓRIA FAMILIAR: Ter um parente de 1º grau com câncer de próstata aumenta duas vezes a probabilidade de desenvolver a doença. O risco é maior quando o parente afetado é um irmão e quando há vários casos na família.
  • RAÇA: Homens negros correm mais risco e tendem a desenvolver tumores mais agressivos.
  • DIETA: Dietas hipercalóricas, ricas em gorduras e pobres em fibras, frutas e vegetais aumentam o risco.
  • OBESIDADE: Homens obesos correm mais risco.

TIPOS DE CÂNCER DE PRÓSTATA

ADENOCARCINOMA

  • São responsáveis por 95% dos tumores malignos de próstata.
  • Podem ser de baixo grau, grau intermediário e alto grau.
  • Os tumores de baixo grau são formados por células bem diferenciadas, que guardam certa semelhança com as células prostáticas normais. Já os de alto grau são compostos de células com alto índice de proliferação, muito diferente do tecido normal da próstata.

TIPOS RAROS

  • São responsáveis pelos demais 5% dos tumores.
  • Entre eles estão: carcinomas de pequenas células, sarcomas e linfomas.

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL

Existe uma condição benigna conhecida como hipertrofia (hiperplasia) prostática benigna, onde ocorre o crescimento benigno da próstata, causando dificuldade para urinar, devido a passagem da uretra pelo interior da próstata. Este quadro é comum em homens com mais de 50 anos, porém não é considerado maligno, mas possui sintomas que se enquadram nas características do câncer de próstata.

SINAIS E SINTOMAS

  • Graças aos exames preventivos e a maior conscientização da população, boa parte dos diagnósticos é feita antes que o tumor provoque sintomas.

Em casos mais avançados podem surgir:

  • Sintomas urinários obstrutivos e irritativos: dificuldade para urinar, ardor, jato urinário fraco, gotejamento de urina após completar a micção, acordar várias vezes à noite para urinar.
  • Dores pélvicas
  • Dor ou sangramento retal
  • Inchaço das pernas
  • Perda de peso e apetite
  • Anemia
  • Cansaço
  • Dores ósseas (disseminação óssea)
  • Náuseas e vômitos, pele amarelada (disseminação hepática)
  • Falta de ar e tosse (disseminação pulmonar)

Caso apresente algum desses sintomas procure seu médico para uma melhor avaliação do caso.

Fique de olho nos próximos post´s para se informar mais sobre o câncer de próstata.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>